Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Item adicionado ao pedido! E agora?
Permanecer na página atualIr para a tela de finalização do pedido
Voltar ao topo.
Ouça ao vivo
Logo Google play-50-28Baixar App p/ AndroidLogo apple itunes-50-30Baixar App p/ iOs

Sob chuva, Metallica faz show `interativo` para 65 mil em SP

AnteriorPróximo

« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:g1, ar, interação, ficou, fama, antiquada, brigar e napster325 palavras4 min. para ler
Sob chuva, Metallica faz show `interativo` para 65 mil em SPVer imagem ampliada
O Metallica fez show animado sob chuva para 65 mil pessoas neste sábado (22) no estádio do Morumbi, em São Paulo, com ingressos esgotados. O repertório foi escolhido pelo público, através de enquete pela internet. Foi a única data no Brasil da turnê “Metallica by request“.O show começou às 21h50, com 50 minutos de atraso. Os norte-americanos tocaram por 2 horas e 15 minutos. A primeira hora foi sob chuva e a segunda com garoa fina, até um final seco com a música “Seek and destroy“.
A chuva com vento em direção ao palco deixou a banda encharcada desde o início. Os fãs e os músicos estavam muito molhados e não menos animados. O baixista Robert Trujillo foi várias vezes balançar a cabeleira cheia d`água perto do grupo de fãs escolhidos para assistir ao show no canto do palco. A banda se mostrou competente e disposta mesmo sob chuva.Antes de o quarteto entrar, apareceu em um vídeo lendo comentários de fãs na internet e apresentando a ideia da turnê interativa. A produção engraçadinha e outros detalhes do espetáculo levam a crer que os metaleiros contrataram uma boa consultoria de comunicação. Tudo é feito para dar um ar de interação. A banda que ficou com fama de antiquada em 2000, após brigar com o Napster, agora quer ser conectada.
Eles chamaram fãs para anunciar algumas músicas no palco. Mário, de Porto Alegre, introduziu “Sad but true“. Thiago, de São Paulo, chamou “Creeping death“. Mesmo com tentativas de fã-clubes de emplacar na votação músicas mais raras ao vivo, o setlist escolhido foi de sucessos. Só “Whiskey in the jar“ não tinha sido tocada no Brasil. Essa foi introduzida por Carla, de Cascavel (PR).
James Hetfield agradeceu e incluiu os brasileiros na “Familia Metallica“, lembrando os shows recentes no país. Nos últimos cinco anos, a banda veio quatro vezes ao Brasil para shows. Antes deste, eles vieram ao Rock in Rio 2011 e 2013, além de turnê solo em 2010.




Fonte: G1

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Texto curta nosso site.PNG

AnteriorPróximo

Texto mural.PNG

AnteriorPróximo

Patrocinadores

AnteriorPróximo
Unimed ChapecóSchumann
Nutrijá - Alimentação Consciente
Vivenda Açai
Instituto do Corretor ChapecoNostra Casa