Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.
Ouça ao vivo
logo google playBaixar App p/ Androidlogo apple itunesBaixar App p/ iOs

Imprensa portuguesa brinca com gafe de Pelé: `Cristiano... Leonardo`


« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:br, esqueceu, deveria, mundo, campeão, romário, polêmica e famosa227 palavras3 min. para ler
Imprensa portuguesa brinca com gafe de Pelé: `Cristiano... Leonardo`Ver imagem ampliada
As raras aparições públicas de Pelé têm sido marcadas por algumas gafes, e não foi diferente em um evento na última segunda-feira, em São Paulo. 
Ao falar sobre a disputa pela Bola de Ouro neste ano, o Rei acabou se confundindo e disse que o prêmio deve ser destinado a Messi ou a “Cristiano Leonardo“, referindo-se a CR7. 
E a imprensa esportiva portuguesa não perdoou o rei do futebol.
Com bom humor, o jornal “A Bola“ se referiu à participação de Pelé como “dia infeliz“ e destacou que o eterno camisa 10 da Seleção cometeu mais de uma gafe, já que também chamou o piloto Ayrton Senna de “motorista“.
O diário ainda lembrou outras frases marcantes do Rei do Futebol, como o dia em que esqueceu a letra do hino do Santos, trocou Michael Jordan por Michael Jackson e a famosa polêmica com Romário, em 2005, após dizer que o campeão do mundo em 1994 deveria se aposentar - ouviu, depois, do Baixinho, a célebre frase: “O Pelé calado é um poeta“.
O periódico “O Jogo“ foi menos enfático, mas também deu espaço para as gafes de Pelé. O jornal afirmou que o fato de o ex-jogador acreditar na ausência de Neymar na disputa pela Bola de Ouro foi ofuscado pelo erro em relação ao nome de Cristiano Ronaldo.

Fonte: sportv.globo.com
Foto: esporte.uol.com.br

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

texto curta nosso site

Patrocinadores

Unimed ChapecóSchumann
Nutrijá - Alimentação Consciente
Vivenda Açai
Instituto do Corretor ChapecoNostra Casa