Voltar ao topo.
Ouça ao vivo
logo google playBaixar App p/ Androidlogo apple itunesBaixar App p/ iOs

Emissora de TV e jornalista são punidos por propaganda eleitoral antecipada


« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:reprodução, diário, terra, senador, filiar, comentarista, apresentador e anos198 palavras3 min. para ler
Emissora de TV e jornalista são punidos por propaganda eleitoral antecipadaVer imagem ampliada
O Tribunal Regional Eleitoral do Rio Grande do Sul (TRE-RS) acolheu nesta quinta-feira, 17, denúncia apresentada pela Procuradoria Regional Eleitoral (PRE-RS) contra o jornalista Lasier Martins, o PDT e o Grupo RBS. 
Em caráter liminar, a emissora de TV deverá retirar o vídeo da notícia do desligamento do profissional da empresa para concorrer ao senado. O conteúdo, exibido durante o ‘Jornal do Almoço’, foi considerado propaganda eleitoral antecipada.
“Estou aqui para me despedir do Jornal do Almoço e da RBS, uma decisão totalmente voluntária. Para enfrentar um novo desafio, um projeto político eleitoral, no ano que vem“, disse o jornalista durante seu comentário diário no noticiário. 
Lasier deixou a carreira de 27 anos como apresentador e comentarista da RBS TV após filiar-se ao PDT para concorrer a senador.
De acordo com o Terra, para a Procuradoria Eleitoral, o conteúdo transgrediu o artigo 36 da Lei das Eleições, que determina que propaganda eleitoral só é permitida após o dia 5 de julho do ano do pleito. 
Enquanto aguarda o julgamento, a RBS TV deverá retirar o vídeo de despedida do jornalista de seus veículos. Caso sejam condenados, terão de pagar multa.
Fonte: portal comunique-se.com.br
Foto: Reprodução

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

texto curta nosso site

Patrocinadores

Unimed ChapecóSchumann
Nutrijá - Alimentação Consciente
Vivenda Açai
Instituto do Corretor ChapecoNostra Casa