Obs.: a página impressa não é necessariamente idêntica à página exibida na tela.
Voltar ao topo.
Ouça ao vivo
logo google playBaixar App p/ Androidlogo apple itunesBaixar App p/ iOs

`Mais Médicos` devem, finalmente, começar a trabalhar na região


« Anterior« Última» Próxima» Primeira
ImprimirReportar erroTags:divulgação, médico, cumprimos, pagar, salário, disponibilizar, residência e argumenta393 palavras6 min. para ler
`Mais Médicos` devem, finalmente, começar a trabalhar na regiãoVer imagem ampliada
Os três médicos do programa federal ‘Mais Médicos’, que foram trazidos à região, ainda não estão trabalhando nos municípios de Xanxerê, Nova Erechim e Saudades. De acordo com o delegado do Conselho Regional de Medicina (CRM), Rajá Elias, o atendimento pode ser realizado, já que a responsabilidade agora é do Ministério da Saúde (MS).

Entretanto, a gerente Regional de Saúde do Estado, Caroline Constanci, ainda não havia recebido, até quinta-feira (24) à tarde, a informação da responsabilidade ter sido repassado ao MS.

A gerente de saúde se comprometeu a averiguar a informação e repassar detalhes para a reportagem do Diário do Iguaçu/RedeComSC ainda nesta sexta-feira (25).

Segundo Elias, o registro no CRM não é mais necessário, pois o Conselho vai fiscalizar o trabalho dos médicos estrangeiros após o início dos atendimentos. “Eles vão atuar pela representação do Ministério da Saúde por três anos e após deverão realizar a prova chamada de ‘Revalida’”, explica.

Enquanto isso, os três municípios do Oeste aguardam a decisão do impasse para dinamizar o processo de atendimento nos postos de saúde.

De acordo com o secretário de Saúde de Saudades, José Ricardo Ternos, o MS pediu nova documentação da médica que é brasileira, mas tem formação na Argentina. 

Segundo o secretário de saúde de Nova Erechim, Carlos Frozza, o problema está na não liberação do CRM do profissional que irá trabalhar no município. “Nós cumprimos nossa parte, de pagar o salário e disponibilizar residência”, argumenta.

O médico argentino Mario Alberto Barbosa, que vai atuar em Xanxerê, acredita que o problema deve ser resolvido até a próxima segunda-feira (28). Entretanto, Barbosa não tem conhecimento do motivo da demora, já que as negociações são realizadas pelo MS.

O ‘Mais Médicos’ é um programa do governo federal que visa ampliar e melhorar o atendimento aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS). Além de inserir mais profissionais nos municípios brasileiros o Programa também prevê investimentos em infraestrutura dos hospitais e unidades de saúde e o aprimoramento da formação médica no Brasil.

Santa Catarina recebeu 21 profissionais que foram encaminhados para 18 municípios. Esses médicos compõem o grupo de 296 profissionais intercambistas (brasileiros ou estrangeiros com formação no exterior) que aderiram ao programa federal e vão trabalhar em todo o país.

Os municípios interessados tiveram até o dia 30 de agosto para efetuar a inscrição no site do programa.



Fonte: Jornal Diário do Iguaçu
Foto: Divulgação

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

texto curta nosso site

Patrocinadores

Unimed ChapecóSchumann
Nutrijá - Alimentação Consciente
Vivenda Açai
Instituto do Corretor ChapecoNostra Casa