Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Esqueci minha senha
Ouça ao vivo
Logo Google play-50-28Baixar App p/ AndroidLogo apple itunes-50-30Baixar App p/ iOs

Chapecoense empata com o Figueirense e amarga sabor de derrota

Voltar ↖Seguir ↘
 
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:vavel, arthur, boa, chance, deu, ataque, aberta e rafael400 palavras6 min. para ler
Chapecoense empata com o Figueirense e amarga sabor de derrota
Ver imagem ampliada
A sequência de três jogos na casa da Chapecoense também foi de três empates.

O jogo atrasado contra o Figueirense começou morno, com o time da Capital tentando segurar o placar. Porém, o Verdão queria a vitória e marcou o primeiro.

O Alvinegro foi atrás e levou na bagagem o que procurava desde o início: segurar o vice-líder. Foi o primeiro ponto do time da Capital contra um time catarinense.

A Chapecoense, com o desfalque do artilheiro Bruno Rangel, teve a volta de Rodrigo Gral como titular. Nos primeiros minutos do primeiro tempo, as maiores chances foram do Verdão com direito a uma bela sequência de quatro escanteios seguidos.

Com ânimo de titular, foi Gral o autor do primeiro gol.

Aos 26 minutos, Potita mandou para Athos. O meia serviu o atacante que cabeceou para dentro do gol adversário. Depois de aberto o placar, o jogo ganhou velocidade.

Gral retribuiu o passe de Athos servindo ele com uma bola bem colocada. Porém, o meia mandou de cobertura para fora do gol de Tiago Volpi.

Para o segundo tempo, o técnico Vinícius Eutrópio decidiu atacar mais.

As mudanças surtiram efeito. Após, aos 9 minutos, Tiago Luis mandar para a área e Gral brigar na área pela bola, a zaga do Figueirense levou a melhor.

Ainda teve mais uma boa chance com Gral servindo Athos, que mandou de cobertura para fora.

Depois, deu Figueirense. Aos 21 minutos, em contra-ataque e com a defesa do Verdão aberta, Arthur serviu Rafael Costa que cara a cara com Nivaldo mandou a bola para dentro do gol.

O Verdão tentou recuperar para levar os três pontos. Aos 24 minutos, Tiago Luis limpou a área e bateu de direita, mas Tiago Volpi fez grande defesa para o Figueira.

Aos 31 minutos, gol anulado para a Chapecoense. O juiz marcou falta de Caion e Athos mandou a bola para dentro do gol, que foi anulado.

Já aos 33 minutos, o atacante Caion perdeu a bola para Saci, que chutou forte, mas Nivaldo salvou o Verdão.

Nos últimos lances do jogo, Caion saiu de trás da zaga em direção ao gol adversário, mas juiz marcou impedimento.

Ainda foi ele o protagonista aos 41 minutos, quando se desfez da zaga do Alvinegro, mas perdeu um gol.

Com o resultado, a equipe verde e branca está a seis pontos do acesso à Série A, segundo as contas da diretoria da Chapecoense.

Fonte: RedeComSC
Foto: vavel.com

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Texto curta nosso site.PNG

Patrocinadores

UnoChapecóUnimed ChapecóSchumannConstrutora CatarinenseInstituto do Corretor ChapecoNostra Casa