Atenção!A página impressa é diferente da página exibida na tela do computador.
Feito!
Erro!

Esqueci minha senha
Ouça ao vivo
Logo Google play-50-28Baixar App p/ AndroidLogo apple itunes-50-30Baixar App p/ iOs

Assassino de John Lennon tem pedido de liberdade negado pela nona vez

Voltar ↖Seguir ↘
 
« Última» Primeira
ImprimirReportar erroTags:uol, apoie, pedindo, cartas, escrito, ono, incluindo e outros149 palavras2 min. para ler
Assassino de John Lennon tem pedido de liberdade negado pela nona vez
Ver imagem ampliada
Mark David Chapman, o assassino do beatle John Lennon, teve sua liberdade condicional negada pela nona vez, informaram as autoridades penitenciárias do estado de Nova York.
A negação acontece dois anos depois de seu último pedido. Mark Chapman, de 61 anos, foi condenado à prisão perpétua em 1981.

Na carta de recusa, o conselho afirmou: “Descobrimos que sua liberação seria incompatível com o bem-estar da sociedade e depreciaria a seriedade do crime a ponto de minar o respeito pela lei“.

Embora exista quem apoie a sua libertação, outros, incluindo Yoko Ono, têm escrito cartas ao conselho de liberdade condicional pedindo para que a solicitação de Chapman seja sempre recusada.

Lennon estaria com 75 anos hoje, se Chapman não tivesse disparado cinco tiros contra o cantor em 8 de dezembro de 1980. O assassino cumpre condenação na prisão de alta segurança de Wende, em Alden, no estado de Nova York.

Fonte: AFP e UOL

Compartilhar página nas rede sociais:
CompartilharCompartilharTweetarCompartilharPin it

Texto curta nosso site.PNG

Patrocinadores

UnoChapecóUnimed ChapecóSchumannConstrutora CatarinenseInstituto do Corretor ChapecoNostra Casa